quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Sobre Pastores e Lobos

Hoje na denominação batista, comemora-se o Dia do Pastor e, aproveitando a oportunidade, gostaria de compartilhar com vocês um texto que recebi a algum tempo e que me fez refletir sobre a minha real identidade. O texto tem o título encimado: Sobre Pastore e Lobos. Por mais triste que seja, hoje, pastores e lobos têm muito em comum e uma dessas coisas é que ambos gostam muito de ovelhas. Meu intuito ao compartilhar esse texto é dar à vocês o direito de refletirem sobre aquele que está sobre vocês como pastor, até porque as conseqüências advindas da relação com um pastor ou com um lobo são responsabilidade de cada ovelha. Eis o texto:

Pastores buscam o bem das ovelhas; lobos buscam os bens das ovelhas.
Pastores gostam de convívio; lobos gostam de reuniões.
Pastores vivem a sombra da cruz; lobos vivem a sombra dos holofotes.
Pastores choram por suas ovelhas; lobos fazem suas ovelhas chorarem.
Pastores têm autoridade espiritual; lobos são autoritários e dominadores.
Pastores têm esposas; lobos têm coadjuvantes.
Pastores têm fraquezas; lobos são poderosos.
Pastores olham nos olhos; lobos contam as cabeças.
Pastores apaziguam as ovelhas; lobos intrigam as ovelhas.
Pastores têm senso de humor; lobos levam a sério.
Pastores são ensináveis; lobos são donos da verdade.
Pastores têm amigos; lobos têm admiradores.
Pastores se extasiam com o mistério; lobos aplicam técnicas religiosas.
Pastores vivem o que pregam; lobos pregam o que não vivem.
Pastores vivem de salários; lobos enriquecem.
Pastores ensinam com a vida; lobos pretendem ensinar com discursos.
Pastores sabem orar em secreto; lobos só oram em público.
Pastores vivem para suas ovelhas; lobos se abastecem de suas ovelhas.
Pastores vão para o púlpito; lobos vão para o palco.
Pastores são apascentadores; lobos são marqueteiros.
Pastores são servos humildes; lobos são chefes orgulhosos.
Pastores se interessam pelo crescimento das ovelhas; lobos pelo das ofertas.
Pastores apontam para Cristo; lobos apontam para si mesmos.
Pastores são usados por Deus; lobos usam as ovelhas em nome de Deus.
Pastores falam da vida cotidiana; lobos discutem o sexo dos anjos.
Pastores se deixam conhecer; lobos se distanciam e ninguém chega perto.
Pastores sujam os pés na estrada; lobos vivem em palácios e templos.
Pastores alimentam as ovelhas; lobos se alimentam das ovelhas.
Pastores buscam a discrição; lobos se autopromovem.
Pastores conhecem, vivem e pregam a graça; lobos vivem sem lei e pregam a lei.
Pastores usam as Escrituras como texto; lobos usam as Escrituras como pretexto.
Pastores têm compromisso como Reino; lobos têm compromissos pessoais.
Pastores vivem uma fé encarnada; lobos vivem uma fé espiritualizada.
Pastores ajudam as ovelhas a se tornarem adultas; lobos perpetuam a infantilidade.
Pastores confessam os seus pecados; lobos expõem o pecado dos outros.
Pastores são simples e comuns; lobos são vaidosos e especiais.
Pastores têm dons e talentos; lobos têm cargos e títulos.
Pastores são transparentes; lobos têm agendas secretas.
Pastores dirigem igreja comunidade; lobos dirigem igreja empresa.
Pastores pastoreiam ovelhas; lobos seduzem ovelhas.
Pastores trabalham em equipes; lobos são prima-donas.
Pastores constroem vínculos de interdependência; lobos aprisionam a co-dependência.

À luz do exposto, a pergunta que cada um de vocês deve se fazer é: “Meu pastor é um pastor mesmo ou um lobo?”
Se lobo, agradeça à Deus por descobrir isso antes de ser devorado por ele e afaste-se de seu rebanho, pois tal rebanho não está sendo conduzido à Vida e sim à morte, pois para um lobo, a ovelha está reduzida, apenas, a uma matéria de consumo (alimento).
Se pastor, louve a Deus por sua vida e interceda muito mais por ele, pois um de seus maiores desafios é não se transformar em lobo ao longo do caminho (desafio de manter a integridade).
Se pastor, ouça o que ele diz na Palavra e viva a Palavra que ouve, faça valer a pena o sacrifício de Seu Senhor na cruz do calvário.

Se pastor, porque ele é pastor, seja ovelha, simplesmente ovelha, pois se o pastor é pastor e a ovelha é ovelha, o resultado será, sempre, uma relação saudável, produtiva e duradoura para a glória de Deus. Boa reflexão!
Que o Sumo Pastor nos abençoe! Paz!

Pr. Neil Barreto



Sei que a data esta incoerente, mas o texto é pertinente.
(Extraído)

Um comentário:

Danilo Fernandes disse...

Ola irmão Waldemir!

Vim conhecer seu espaço digital. Bom posts! A internet é um espaço precioso onde podemos falar de Jesus e discutir diferentes pontos de vista!

Aproveitando, faço uma apresentação do meu blog:

Genizah é um blog cristão diferente. Hilário e divertido, mas que não dispensa a seriedade na defesa do Evangelho. Uma mistura bem balanceada de humor, denuncia e artigos devocionais. No Genizah, você fica sabendo da última novidade do absurdário "gospel", mas também não falta material para inspiração e ótimas mensagens dos melhores pregadores. Genizah é um blog não denominacional apologético, com um time é formado por escritores, pastores, humoristas e chargistas cristãos.

Aguardo sua visita. Vamos nos seguir!

Abraços em Cristo e Paz!

Danilo

http://www.genizahvirtual.com/

APOIO

APOIO
RUA LEANDRO CAMPANARI, 41 JD. IGUATEMI - SÃO PAULO. REUNIÕES AOS DOMINGOS AS 09HS E 18HS.

Fale conosco

Assunto do contato
Nome
E-mail
Mensagem
MSN
Telefone
Digite o código



http://www.linkws.com